Contato:

(21) 2259-7324 / (21) 98443-5645

Atualmente a odontologia aliou em seus tratamentos, além do benefício de resolver e tratar os problemas bucais, o benefício da estética, ou seja, a estética odontológica passou a ser uma área que exige do profissional não só habilidade manual, mas também comprometimento com as expectativas estéticas do paciente.

As técnicas e materiais atuais permitem ao profissional de odontologia estética, modificar os dentes em seus formatos, cores, posicionamentos e até mesmo substituí-los quando os mesmos foram perdidos, mantendo ou devolvendo para as pessoas a harmonia do sorriso com uma aparência natural.

Clareamento Dental

Primeiramente, o clareamento dental é indicado para pessoas que tenham dentes amarelados ou queiram melhorar sua estética dos dentes. Porém, nem todos os dentes podem ser beneficiados pelo tratamento, pois as causas do escurecimento podem ser diversas, como por exemplo, manchas intrínsecas causadas pelo uso de tetraciclina.

Deve-se porém ressaltar que próteses e restaurações dentárias já presentes na boca do paciente não clareiam. A solução para estes casos é realizar o clareamento dental e posteriormente trocar estas próteses e restaurações.

A durabilidade média do clareamento varia entre 1 e 2 anos, sendo fortemente influenciada por fatores relacionados aos hábitos alimentares (café, chá, beterraba, vinho tinto, refrigerantes etc.) e higiene bucal do paciente. Todavia, é possível que se faça uma manutenção, a cada seis meses, de forma a preservar os resultados do clareamento.

Clareamento Dental em Consultório

Clareamento de Consultório é aquele realizado pelo dentista, com auxílio de barreiras gengivais para evitar contato do gel com a gengiva que pode gerar desconforto por conta da maior concentração do gel utilizado em consultório.

Quando falamos em Clareamento Dental de Consultório, podemos utilizar ou não a fotoativação, também conhecida como CLAREAMENTO A LASER, porém estudos mostram que o Laser apesar de acelerar o processo, não aumenta o resultado final, porém gera maior sensibilidade.

O Clareamento de consultório pode ser realizado de 2 a 4 consultas dependendo da cor inicial dos dentes do paciente, que será avaliado pelo dentista.

Cada consulta pode demorar em média 1 hora.

É comum a presença de sensibilidade durante e após o processo de clareamento dental

Clareamento Dental Caseiro

O clareamento caseiro é aquele que o paciente usa uma moldeira contendo o gel clareador em sua casa, sob supervisão do dentista. Esse método é mais econômico e menos agressivo para o paciente, porém os resultados demoram mais para aparecer.
Moldeira indivídual – Personalizada

A primeira etapa do tratamento é a confecção da moldeira individual. Esse molde é personalizado para a dentição de cada pessoa e apresenta a vantagem da melhor adaptação aos dentes. Assim, diminui o desconforto para o cliente, além de melhorar a eficácia do clareamento dental, pois mantém o gel o mais próximo possível dos dentes.

Clareamento Dental Endógeno

O escurecimento dental interno ocorre pelas mais variadas razões, como traumatismos, medicação dentro do canal, derramamento de sangue na estrutura interna dos dentes, entre outras causas. São nos casos onde o paciente necessitou de passar por um tratamento de canal, que se observa com mais frequência a mudança da cor, passando a ser de amarelado a acinzentado.

O tratamento de dentes escurecidos é possível através de métodos de clareamento simples, minimizando esse efeito causado nos dentes que recebem tratamento endodôndico (canal).

Nem todos os dentes podem ser clareados, apesar de o clareamento conter poucas contra- indicações há casos onde não se recomenda sua aplicação. Por exemplo, podemos citar os pacientes fumantes ou dentes que já contem grande quantidade de resina, onde o tratamento não será eficaz.